quinta-feira, 5 de junho de 2014

A descrença

A religião grega era politeísta e não possuía escritas sagradas, dogmas, doutrinas e credos. Entre os homens e os deuses existia a mais completa familiaridade. Eram normais as conversações entre deuses e homens, e também era comum o mortal se queixar da divindade que não agira corretamente ou havia faltado às promessas. Na literatura grega encontramos muitos relatos dos amores entre homens e deusas e dos deuses com mulheres terrenas.
Crença é uma palavra que abrange o conhecimento que se parecem. É um estado  mental em certo momento em crer, acreditar.

Não há justiça neste mundo... recompensa para os virtuosos e castigo para os não virtuosos.

400 a.c. Demócrito toda a matéria era feita de átomo e que a tudo que existe existiu sempre, não foi criada. Epícuro  confirmou as declarações de Demócrito  Epicuro, sustenta uma filosofia que estaria de acordo com a busca da felicidade. Lucrétius por longos anos é oprimido pelo medo, lhe escravizaram. A tirania da religião o dominou totalmente.  “De Demócrito toma o princípio da  indestrutibilidade da matéria; de Epícuro a importância da sensação como base do conhecimento, de Lucrécio, a noção de infinito que lhe  permite suprimir Deus a idéia da sede de sentimento nos órgãos, e a morte simultânea da alma  e do corpo” (balaguer, s/d., p. 18).

O medo é a mãe de todos os deuses.

Quando acontece a perda da fé religiosa vem a dura História da descrença: o ateísmo.

Até que um poderoso grego começou a afirmar... A liberdade do homem.

A religião é considerada como verdadeira por pessoas comuns;

Como falsa,

Por pessoas sábias;

E como útil,

Pelos governantes.

Uma vez que o imperador Constantino... adotou o cristianismo como religião oficial do Império, a filosofia pagã como um todo se tornou “suspeita” no século VI, mas não abandonaram é claro seu costumes pagãos e seus deuses, mas apenas mascarando-os em uma maneira de se tornar aceitos pelas grandes massas manipuladas, dando origem a uma nova forma de subjugar as massas através do medo, estabelecendo dogmas ritos ,liturgias , doutrinas e regras que nada tinham a haver com o que Jesus estipulou como aliança. Somente os sacerdotes podiam  ler e tinham acesso aos manuscritos e interpretavam o conteúdo da maneira que convinha aos governantes locais. 

O Paternon foi parcialmente demolido e o que sobrou se tornou uma das primeiras igrejas... dedicadas à Virgem Maria. As academias gregas de filosofia foram abolidas. Os mil anos seguintes ao fechamento das escolas filosóficas gregas... foram conhecidas como “a idade das trevas”.
É impossível erradicar por completo o livre pensamento.

O ateísmo, a descrença aconteceu  muito antes do século XVIII quando Lutero se revoltou contra o cristianismo, sistema religioso e contra as imagens e riquezas da igreja, indulgências se não pagas os servos seguidores pela austera manipulação da igreja seriam perseguidos e assassinados. As religiões todas elas, sempre foram regidas, mantidas e  doutrinadas pela oligarquia dominante, para manipulação da massa.

Exemplo  de Espinosa que não aceitou as imposições dos iluminados que comandavam as diretrizes da oligarquia  para a  tão orquestrada ordem globalista,  Espinosa foi, expulso, excomungado do judaísmo e condenado com o chéren.

Mas foram estudiosos mulçumanos... os que permitiram que o radical materialismo... de filósofos gregos e romanos re-emergisse: Porém, idéias materialistas compreensivelmente inconsistentes, tanto com o cristianismo quanto como  com o islã existe,  procedimento adequado sugeria  Charles Darwin  para se compreender os processos evolutivos e o próprio comportamento. E quase nenhum cientista social quer realmente saber como se deram os processos evolutivos e/ou adaptativos para chegarmos a ser o que somos, aos processos perversos que resultaram da associação etnocêntrica entre determinados grupos étnicos, de fato, todos aqueles que não se classificavam entre os europeus ocidentais urbanos, e certos traços de caráter e comportamento apresentados de modo pejorativo, a partir de perspectivas etnocêntricas.

Muito preconceito e muita xenofobia manifestaram-se tanto em idéias artísticas e acadêmicas quanto em ações de grupos dominantes e de Estados promovendo o genocídio e o etnocídio (destruição da cultura de um povo).

No entanto,  o apoio à interesses judeus no que chamam “terra sagrada” Conflitos herdados entre judeus, cristãos e mulçumanos, a alguma ação secreta por detrás dela com relação entre a autoridade e a crença, com o véu do patriotismo, com auxílio religioso e “patriotismo sagrado”

Hoje, vivemos a mentira, a enganação aonde a  farsa proposital de subverter o evangelho através dos governos humanos, utilizando a velha tática da manipulação em massa.  

"Por que o sionismo define o judaísmo como um povo, uma nação, e não como uma religião? Acho que insistem em ser um povo para terem o direito sobre a terra. Povos têm direitos sobre terra, religiões não",  Entendeu a tática deles hoje?

Hoje,  as comissão missionárias das igrejas que atuando através da ONGs mantidas pela mesma oligarquia que manipula as religiões durante os séculos, continuam a assombrar o mundo. Dominam os povos, criando mentalidades, corrompendo os governantes, tomando as terras dos países sempre  em desenvolvimento. E para explicar melhor os crimes que as igrejas continuam praticando, apresento o documento redigido em Genebra em 1981: as Diretrizes N.4:  Mudança e Divergência: Diretrizes No 4 - ANO "0" do Conselho Mundial de Igrejas Cristãs para a Amazônia Brasileira